Como fazer o cão parar de pegar coisas do chão

Se você já teve um filhote, já deve ter percebido que ele quer pegar todas as coisas que vê pelo chão e colocar na boca, podendo inclusive apresentar algum risco ao cão. Como fazer então para o cão parar de pegar tudo que está no chão?

Filhote pegar coisas do chão

Pegar coisas do chão e o forrageio

Talvez você não saiba, mas o forrageio, que vemos quando o cão quer pegar tudo que vê pelo chão, nada mais é do que um comportamento natural. É também um mecanismo e uma habilidade que os cães desenvolveram ao longo de séculos que garantem a sobrevivência da espécie.

“Forrageamento é a busca e a exploração de recursos alimentares. É uma habilidade particularmente importante pois afeta a aptidão do animal, influenciando diretamente a sobrevivência e a reprodução do organismo.[1] O forrageamento é estudado pela ecologia comportamental, analisando o comportamento de forrageio dos animais em resposta ao ambiente em que ele vive.”, Wikipedia.

Portanto é natural concluirmos que os filhotes irão colocar tudo que veem pela frente na boca. Na grande maioria dos casos é apenas o filhote querendo explorar o seu mundo e eles fazem isso muito bem não só através do olfato, mas também do paladar.

Colocando algo na boca ele são capazes de sentir o gosto, a textura e avaliar se aquilo é comestível ou não. Eles darão uma mastigada, verão que não é nada interessante, cuspirão e seguirão suas vidas. Isso porque os cães exploram as coisas através da boca, já que eles não têm polegares para ficar segurando e apertando tudo.

Filhotes são naturalmente mais curiosos e sempre que virem algo novo ou algo em movimento no chão, irão colocar na boca para experimentarem e tentarem entender o que é aquilo. Isso é muito comum e não tem problema nenhum.

Posse de recursos

Quando pegar as coisas no chão começa a se torna um problema

Como você viu anteriormente, o cão pegar coisas do chão é algo natural, principalmente se for comida. No entanto, você começará a ter problemas se ficar desesperada e começar a querer tirar tudo que o filhote colocar na boca, mesmo aquelas coisas que talvez ele fosse cuspir sozinho e nem apresentaria um risco pra ele.

É comum o filhote pegar pedras, plástico, papel, folhas, bichos e diversas outras coisas que eles encontram pelo chão. Eventualmente ele pode engolir um pedaço, mas não fazem isso de maneira intencional. O problema acontece quando a pessoa, incerta se o cão vai cuspir ou não, tenta tirar a força da boca do filhote.

Se você fizer isso, logo logo seu cão começará a fazer uma das duas coisas:

  1. Engolir coisas estranhas para você não ter tempo de tirar da boca dele, afinal é muito desagradável quando você está com algo na boca e alguém vem colocando a mão dentro dela.
  2. Tentará te morder e não vai mais deixar você se aproximar quando estiver com algo na boca para que você não tente tirar novamente.

O cão que começa a engolir para você não ter tempo de tirar

O primeiro caso é muito comum e já atendi várias famílias que estavam tendo problemas com seus cães que começaram a engolir tecidos, máscaras, meias, panos, pedras e até plástico. No vídeo abaixo eu conto o caso de uma família que estava tendo exatamente esse problema e o que ajudou muito a resolver essa questão.

Nesse caso as pessoas começam a ter problemas com um cão que passa a pegar e engolir todas as coisas que veem pelo chão pelo simples fato de terem medo de você tentar tirar. Quanto mais rápido eles engolirem, menores as chances da pessoa conseguir tirar da boca dele. E isso sim é um problema muito sério.

O cão que começa a proteger o recurso e tenta morder você

Por outro lado temos o cão que não tenta engolir, mas não deixará ninguém se aproximar dele quando ele estiver com algo na boca. Isso porque ele sabe que qualquer aproximação pode ser um risco e uma ameaça, afinal, sempre que você se aproximava, era para tentar tirar algo dele. Se esse é o seu caso, pare imediatamente de tentar tirar as coisas da boca do seu cão.

Se você continuar tentando tirar as coisas a força, o problema vai se tornando cada vez pior. Por mais bonzinho que o seu cão seja, uma hora ele poderá acabar mordendo você ou quem estiver passando por perto.

Já imaginou que isso pode ser muito perigoso, pois você pode estar com uma visita em casa ou até com alguma criança por perto que não sabe disso e acabar acontecendo algum acidente.

Como fazer o cão parar de pegar coisas do chão

Antes mesmo de querer ensinar algo para o seu cão, é muito importante que você tenha entendido o porque eles pegam coisas do chão e porquê você está tendo esse problema atualmente. Caso contrário, é como você ficar tentando esvaziar uma canoa furada, você tira a água, mas logo ela estará cheia novamente.

Até aqui espero que você tenha compreendido isso e já esteja convicto de que deve parar de tirar as coisas da boca do seu cão.

Prevenir é melhor que remediar

Essa é a etapa mais importante de todas. Se você sabe que tem um cão que fica pegando coisas que não pode, você deve fazer de tudo para que ele não tenha acesso a nada disso.

Por isso é muito importante o cão ter um espaço seguro, sua suíte canina, e ser acostumado a ficar nela. Sempre que você não puder supervisionar o seu cão, ele precisa estar nesse ambiente seguro.

Temos um artigo que fala sobre como ensinar o cão a gostar de ficar sozinho, não deixe de ler.

Só com essa etapa você já praticamente elimina o problema, pois agora o seu cão não tem mais oportunidade de pegar coisas que não pode. No caso do passeio, você precisa ficar mais atento aos locais com maior possibilidade de encontrar comida enquanto você não consegue ensinar o seu cão a não pegar coisas do chão.

Ensinando a não pegar coisas do chão

Os exercícios de autocontrole são excelentes para ensinar ao cão que nem tudo que ele quer, ele pode pegar. Nesses exercícios ensinamos ao cão que ele deve aguardar a nossa liberação, caso contrário, não pode se aproximar daquilo que ele quer. Mas isso precisa ser ensinado, os cães não nascem sabendo.

Pelo contrário, eles nascem sabendo forragear, que é exatamente o contrário do que precisamos ensinar. Um dos exercícios que mais gosto para atingir esse objetivo é o “esperar para comer” e o “deixa”. No espera, o cão precisa aguardar a liberação “ok” para poder pegar algo e no deixa, ele não pode se aproximar daquilo que ele quer.

Vejo o vídeo abaixo onde ensino o exercício do deixa.

Generalizando para o dia a dia

Vale ressaltar que esses exercícios precisam ser feitos primeiramente em casa, em um ambiente e em situações controladas. Caso contrário o seu cão irá falhar miseravelmente e acabará pegando as coisas do chão. Todas as vezes que ele consegue pegar algo sem a sua permissão, ele está sendo treinado a pegar de novo.

Por isso é muito importante fazer o treino de uma maneira que o cão não consiga ficar roubando as coisas, além de preparar e organizar toda a casa para que ele não consiga ficar roubando nada.

Depois que o seu cão já estiver muito bom nesses exercício, é hora de partir para a generalização. A partir daqui você começará a simular situações em que você enfrentaria no dia a dia para testar o deixa do seu cão. Se ele errar, significa que você precisa treinar mais os exercícios anteriores ou facilitar a situação.

Quanto mais situações diferentes você conseguir treinar, maiores as chances do seu cão obedecer quando necessário.

Cachorro triste

Não fique bravo, a culpa não é dele

Sabemos como é frustrante, além de ser perigoso, o cão que fica tentando pegar coisas do chão. Mas tenha em mente que isso é natural deles. Dar broncas, ficar frustrado ou brigar com eles não vai resolver o problema. Se resolvesse, ninguém mais teria esse problema, afinal, essa é a primeira coisa que todos tentam.

Na verdade é a segunda. A primeira é tentar tirar as coisas da boca do cão, que já falamos para você não fazer. A segunda é exatamente dar bronca para que ele não faça novamente.

O problema é que a cada bronca, você só reforça a ideia de que você perto dele é ruim e acaba prejudicando cada vez mais o vínculo entre vocês. Quanto menos a gente gosta de uma pessoa, menos a gente quer ouvir o que ela tem a dizer e o que ela está pedindo, não é mesmo?

Faça as trocas por algo mais valioso quando necessário

Por fim, quando realmente for necessário tirar algo do cão, você pode primeiro ficar com um petisco delicioso na sua mão, como um pedaço de frango cozido ou até mesmo um pedaço de salsicha. Chame o cão e assim que ele vier, você mostra pra ele o petisco e fica aguardando.

Se ele soltar o que está na boca para pegar o petisco, você parabeniza o cão imediatamente, retira o que ele havia pegado e joga o petisco para ele ir lá longe pegar. É assim que normalmente fazemos as trocas. É importante a troca ser feita por algo mais valioso, caso contrário, o cão não vai querer trocar.

Querer trocar com algo sem valor é como eu pedir para você soltar uma nota de R$ 100 que você acabou de achar no chão para receber um pedaço de jiló em troca. Você trocaria? Acredito que não. Pois é, o seu cão também não trocaria.

Os próximos passos e como ter um autocontrole impecável

Aqui eu tentei dar uma visão geral do problema, mas se você quer se aprofundar mais nesse assunto, no curso Cão Popstar há diversas aulas práticas com vários exercícios para você desenvolver a habilidade de autocontrole que é uma das 6 habilidades do Cão Popstar.

Essa habilidade é essencial para você ensinar o seu cão a lidar com a frustração e controlar os seus impulsos. Sabe aquele cãozinho que não te escuta e teima em fazer o que você não quer? Pois é, vocês precisam trabalhar melhor o autocontrole.

Fora essa habilidade, você aprenderá também a desenvolver as habilidades de conexão, referência, manipulação, passeio e socialização para você ter um cãozinho super comportado, que é o centro das atenções e querido por todos.

Rafael Velozo

Rafael Velozo

É adestrador comportamentalista, fundador da Cão+Saudável e idealizador do Portal Cão+Saudável.
COMPARTILHE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
LEIA MAIS
DEIXE UM COMENTÁRIO