4 passos para ensinar o cão a fazer xixi e cocô no lugar certo

Se você está cansado de ficar limpando xixi e cocô pela casa inteira e não sabe mais o que fazer, fica comigo. Neste artigo você aprenderá o que é importante para conseguir ensinar o seu cão a fazer xixi e cocô no lugar certo em 4 passos. 

Limpando adequadamente o local

1) Limpeza adequada do local

Em primeiro lugar é importante saber que os cães se orientam prioritariamente pelo cheiro do local, por isso é importante manter os locais inadequados sem nenhum cheiro de xixi ou cocô. No entanto muitas vezes acabamos limpando o local e removendo os odores apenas para nós.

No livro “A Cabeça do Cachorro” a autora cita um experimento feito com Beagles, em que eles são capazes de identificar 1 colher de chá de açúcar diluída em duas piscinas olímpicas. Você sabia dessa capacidade extraordinária dos cães em sentir um cheiro? Então saiba que você pode não sentir o cheiro do xixi, mas o seu cão vai sentir.

Abaixo estão três misturas caseiras que ajudam a remover o odor para o cão, escolha uma para a limpeza:

  • Vinagre + bicarbonato de sódio (diluído em água);
  • Água oxigenada + sabão de coco (diluído em água);
  • Água sanitária/hipoclorito de sódio (diluído em água).

 

Limpe todos os locais em que o cão já fez as necessidades com alguma das misturas citadas acima. O local que você quer deixar como banheiro você deve limpar apenas com água e sabão, pois é importante manter a referência de cheiro do local.

Se o seu cão acaba pisando no xixi e sai espalhando pela casa, limpe suas patas. Assim você evita que ele perca a referência do banheiro por ter cheiro de xixi na casa inteira.

 

2) Ensinando onde não deve fazer xixi e cocô

É importante entender que os cães procuram naturalmente fazer as necessidades o mais afastado possível de onde eles dormem, bebem água ou comem. Além disso, depois de limpar e desinfetar adequadamente todo o ambiente, agora é hora de transformar o antigo lugar de xixi em local de comer.

Afinal, quem aqui gosta de comer sentado no vaso sanitário, não é mesmo?

Para conseguir fazer essa mudança, você precisará utilizar muito o enriquecimento ambiental alimentar. Utilize brinquedos dispensadores de alimentos, espalhe comida pelo chão, ofereça Kong/Monstrinho recheados e coloque petiscos de alto valor em locais estratégicos.

Fazer isso tem dois objetivos:

  1. Melhorar a qualidade de vida do cão, oferecendo atividades prazerosas e diminuindo a ansiedade e estresse;
  2. Associar esses locais com local de brincadeira/comida e não mais banheiro.

 

Outro ponto que pode ajudar ou atrapalhar você no processo de educação sanitária é a alimentação. Nesse sentido você precisa ajustar o hábito alimentar do cão de maneira que ele se alimente com horários e quantidades bem definidas.

Se você tem um filhote, alimente-o de 3 a 4 vezes ao dia. Se for adulto, de 1 a 2 vezes ao dia. Sempre ofereça a quantidade diária sugerida pelo fabricante da ração (essa informação pode ser encontrada no verso da embalagem) ou pelo médico veterinário.

Se o cão não comer tudo, o pote de comida deve ser retirado no máximo 5 minutos após ter sido oferecido. Além disso, se você alimentar o cão sempre no mesmo horário ele começará a fazer o cocô também nos mesmos horários.

Aliás, caso queria saber mais sobre a reeducação alimentar e apetite mental, não deixe de ver esse o vídeo que temos sobre o assunto.

 

Evitando os erros

O que fazer para que o cão acerte 100% das vezes o banheiro?

  • Coloque vários tapetes higiênicos no começo;
  • Sempre que o cão for liberado da restrição, fique supervisionand-o;
  • Leve o cão regularmente (dependendo da idade do cão) ao local do banheiro;
  • O cão não pode ser deixado sem supervisão em hipótese alguma;
  • Quando não puder supervisionar, fique com ele na guia ou deixe-o na suíte canina;
  • Retire todos os tapetes da casa até que o cão tenha aprendido definitivamente o local correto para fazer suas necessidades.

 

O que fazer se o cão errar por algum deslize ou falta de atenção?

  • Ignore o seu cão até terminar de fazer as necessidades para então retirá-lo do local (sem dar broncas ou chamar a atenção do cão);
  • Limpe o local com um eliminador de odores (Sanol Dog ou similares ou uma das misturas citadas no começo do artigo);
  • Tome cuidado para que não aconteça novamente.

 

Como acelerando o aprendizado do local de fazer xixi e cocô?

  • Se o cão fizer no local certo recompense-o imediatamente com elogios, carinho e petiscos (deixe um pote com petiscos cortados por perto);
  • Recompensas ou correções tardias não funcionam para o treinamento. A recompensa só funciona se dada em até 2 segundos após o comportamento. Caso contrário, o cão não fará a associação com o ato e ficará apenas feliz, sem saber o motivo da recompensa;
  • A recompensa acelera o processo de aprendizado, mas se o cão acertar o local sozinho já fará a associação da superfície e local como lugar do banheiro.

 

Ensinando a fazer xixi no lugar certo

3) Ensinando a fazer xixi no lugar certo

A escolha de um local adequado para o cão fazer as necessidades é primordial.

O local deve ser limpo e arejado, não pode ser muito afastado ou isolado da casa e nem muito próximo a regiões de grande movimento.  Isso porque alguns cães não vão querer se afastar muito de onde as pessoas ficam para ir ao banheiro. Oferecer duas ou três opções de locais para o banheiro também facilita o processo.

Determine um local próximo de onde o cão já gosta de fazer as necessidades para ser o banheiro provisório. Depois que o cão já estiver acertando 100% você poderá transferir o banheiro de lugar. Também não se esqueça de respeitar uma distância razoável entre o banheiro e o local de dormir e comer.

Não se esqueça que os cães:

  • Preferem superfícies absorventes (tapete, grama, terra);
  • Preferem locais mais reservados com pouco movimento;
  • Evitam superfícies impermeáveis;
  • Evitam fazer as necessidades próximo ao local de dormir e se alimentar.

 

Deixe uma referência de cheiro no local escolhido para o banheirinho. Você pode usar algumas gotinhas de xixi do próprio cão ou de outro cão para que o cão possa se orientar pelo cheiro e saber que ali é o banheiro.

Recompense muito todas as vezes que ver o cão fazendo no local correto e se por acaso ele ele errar, simplesmente limpe o local com a mistura sugerida para remover o odor. Jamais brigue ou dê broncas por um xixi no local errado, visto que isso só fará ele ter medo de fazer na sua frente.

 

Problemas comuns

  1. Longo histórico de erros: fazer as necessidades por si só já é auto recompensador. Por isso todas as vezes que o cão erra o local do xixi ele automaticamente está sendo reforçado por errar.
  2. Longo histórico de punições: o cão entende que fazer xixi na frente da pessoa é ruim e passa a fazer em locais escondidos ou esperar que todos saiam de casa.
  3. Sobe no tapete higiênico mas erra o lugar:
    1. Aumentar a área do local para xixi e cocô (colocar mais tapetes);
    2. Manter o local sempre limpo (trocar os tapetes regularmente).
  4. Acerta o xixi mas erra o cocô;
  5. Destrói o tapete higiênico.

 

4) Os próximos passos

Esse é apenas um panorama geral que tenta cobrir a maioria dos casos, mas há diversos outros casos que não serão resolvidos apenas com essas orientações. Nesses casos a avaliação de um profissional é imprescindível.

Muito importante também salientar que antes de tentar qualquer coisa você deve procurar um médico veterinário para descartar qualquer problema de saúde. Pois há casos em que o cão tem problemas de saúde e isso pode fazer com que ele faça xixi e cocô no local errado e você não conseguirá resolver o problema apenas com o treinamento.

Não subestime a capacidade do seu cão e nem diga que ele é burro ou que não aprende. Muitas vezes o problema não está nem em saber ensinar o cão, pois ele pode saber onde deve fazer. Entretanto o problema pode estar relacionado a alguma disfunção hormonal, problema de saúde ou qualquer outra alteração que acaba fazendo ele errar.

Se quiser aprender ainda mais sobre o assunto temos também uma aula completa só sobre xixi e cocô disponível no nosso Curso Gratuito de Adestramento de Cães, tenho certeza de que vai ajudar você a resolver esse problema de uma vez por todas, se ainda não resolveu com este artigo.

 

Rafael Velozo

Rafael Velozo

É adestrador comportamentalista, fundador da Cão+Saudável e idealizador do Portal Cão+Saudável.
COMPARTILHE
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
LEIA MAIS
DEIXE UM COMENTÁRIO